Perda de Pacotes: Chegando à causa

 


  • Teste a perda de pacotes com PRTG e encontre a causa do baixo desempenho

  • Desfrute de uma rede mais estável e com maior desempenho

  • Os alertas imediatos permitem que você corrija problemas rapidamente

 

DOWNLOAD GRATUITO

Versão ilimitada do PRTG por 30 dias. Após 30 dias, se torna a versão gratuita.
Ou, você pode adquirir uma licença comercial.

 

 

 

 

 

 


Perda de Pacotes: Uma definição e mais

A perda de pacotes ocorre em redes quando os pacotes de dados são perdidos durante a transmissão ou os pacotes de dados individuais chegam atrasados ao seu destino. Antes de serem enviados, os dados são empacotados em várias camadas. Esses pacotes viajam através de uma variedade de diferentes hubs (cabos de cobre, fibra ótica, wi-fi, etc.) para chegar ao seu destino. Nestes hubs, os pacotes TCP são perdidos ou ficam atrasados. Uma vez enviado, cada pacote é marcado com um registro de data e hora.

Este valor especifica o tempo que o remetente deve aguardar antes de obter uma confirmação de recebimento. Se um pacote for perdido ou atrasado, ele eventualmente “expira”. Quando isso acontece, um novo pacote é enviado no seu lugar. Isso é conhecido como tempo limite de retransmissão (retransmission timeout, RTO). O resultado? Pacotes de dados chegam atrasados e o desempenho sofre.

 

 

 

Por que fazer um
teste de perda de pacotes?

A perda de pacotes é responsável por muitos problemas de rede, especialmente em redes de ampla área (WANs) e em redes sem fio. Um teste de perda de pacotes ajuda a determinar, se os problemas de conectividade de rede ou as conexões VoIP de baixa qualidade são causados pela perda de pacotes UDP.

O PRTG Network Monitor é uma ferramenta de monitoramento de rede poderosa que não só ajuda a verificar pacotes perdidos, solucionar problemas de perda de pacotes em redes sem fio e problemas de perda de pacotes UDP, mas também pode ser usado para calcular a largura de banda, verificar a disponibilidade de dispositivos de rede, monitorar a utilização da rede, escanear endereços IP e acompanhar o desempenho da rede e da internet. Suas opções de alerta flexíveis permitem que você determine exatamente quando e como você quer ser alertado sobre questões que exigem a sua atenção.

O PRTG executa um teste de perda de pacotes UDP confiável usando o sensor de QoS, que obtém suas medidas através do envio de pacotes UDP entre duas sondas remotas. Além de medir a perda de pacotes, o sensor QoS monitora diferentes parâmetros, tais como VoIP jitter, pacotes duplicados, atraso de pacotes, latência de Ethernet.

 

 

 

 


 

 

 

 

Testando quanto a pacotes perdidos

Existem dois modos de configurar uma rota para testar a perda de pacotes.

 

Medir a conexão
entre duas sondas PRTG

Exemplo: Para medir a perda de pacotes no caminho entre o seu Servidor PRTG e a sua sala de servidores, instale uma sonda remota PRTG em um computador Windows na sala do servidor e conecte essa sonda ao Servidor PRTG. Em seguida, crie um sensor de QoS na sonda que está configurada no seu Servidor Core PRTG.

Nas configurações do sensor, selecione a sonda na sala do servidor como o destino. O PRTG enviará pacotes de dados automaticamente entre as duas sondas PRTG, monitorando assim a qualidade da conexão (que inclui um teste de perda de pacotes). O sensor indica o tempo que os pacotes de dados precisam para atingir seu destino, bem como as taxas de atraso e perda de pacotes. Você também pode medir a taxa de perda de pacotes entre duas sondas remotas e assim – ao configurar ambos os sistemas Windows perto dos terminais da rota de dados que deseja monitorar – testar uma conexão de dados aleatória quanto à perda de pacotes.

Uso de um refletor PRTG QoS.

O refletor é um script Python que envia pacotes de dados de um ponto final de volta ao PRTG. O script pode ser usado em qualquer computador (Linux) (até mesmo um pequeno Raspberry Pi), permitindo que você pule a necessidade de um computador com Windows e uma sonda remota.

Portanto, você não precisa criar uma sonda remota para esse teste. O princípio, no entanto, permanece o mesmo. Você precisará definir os dois pontos finais de uma rota de dados para obter medições de QoS e testar dados quanto à perda de pacotes. Assim como no primeiro teste, este teste permite extrair dados que podem ser usados para analisar a qualidade de suas conexões em maior detalhe. Saiba mais sobre o refletor de QoS aqui.

 

Confiado por mais de 300.000 usuários e
reconhecido como líder por analistas do setor

 

“Solução fantástica de monitoramento de rede e infraestrutura, fácil de implementar e ainda mais fácil de usar. Simplesmente a melhor solução melhor disponível.”


Leia mais avaliações

“O software é absolutamente perfeito, o Suporte ao Cliente é superior. Atende a todas as necessidades e requisitos. Esta é uma solução obrigatória se você estiver precisando de alguma forma de monitoramento.”

Leia mais avaliações

“A ferramenta destaca-se no seu foco principal de ser um serviço unificado de gerenciamento de infraestrutura e monitoramento de rede.”


Leia mais avaliações

 

 


DOWNLOAD GRATUITO

Versão ilimitada do PRTG por 30 dias. Após 30 dias, se torna a versão gratuita.
Ou, você pode adquirir uma licença comercial.

 

 

Isolando e consertando a perda de pacotes:
3 sensores para ajudá-lo a começar

Ping Sensor

Use o Sensor Ping do PRTG para medir a disponibilidade de seus dispositivos e calcular a perda de pacotes como porcentagem.

 

Use o Sensor Cisco IP SLA para medir a taxa de perda de pacotes em seus dispositivos Cisco.

O Sensor de Qualidade de Serviço permite que você monitore os caminhos de rede e, assim, meça e reduza a perda de pacotes. Este sensor também está incluído.

 

3 exemplos de perda de pacotes

Perda de pacotes em roteadores e switches

Roteadores e switches são, às vezes, uma responsabilidade, pois gargalos podem surgir durante a transmissão de dados quando o hardware é antigo ou faltam atualizações importantes. Exemplo: Se um switch transmitir muitos fluxos de dados de uma só vez, ele poderá atingir rapidamente seu limite de capacidade. Isso leva a atrasos na comutação de pacotes, bem como ao jitter.

Videoconferências

Para muitas empresas, as videoconferências são uma parte vital do trabalho cotidiano. Isto é fato, especialmente em empresas internacionais ou firmas com filiais em muitos locais diferentes. A perda de pacotes pode ocorrer facilmente durante videoconferências e VoIP, pois os dados são transmitidos em tempo real. Os sensores acima mencionados ajudarão você a identificar rapidamente os gargalos na sua rede.

Aplicações em nuvem

Seu Citrix Cloud volta e meia se congela? Aplicativos SAP ainda funcionam, mas muito mal? A perda de pacotes e os atrasos podem afetar o desempenho de aplicativos importantes. É especialmente frustrante quando os funcionários deixam de informar o departamento de TI sobre esses atrasos e aceitam – apesar de estarem zangados – trabalhar mais devagar. Em tais casos, a produtividade da empresa sofre consideravelmente.

 

 

PRTG em resumo

 

PRTG monitoriza a sua 
infraestrutura de TI

Tráfego, pacotes, aplicações, largura de banda, serviços da cloud, bases de dados, ambientes virtuais, tempo de atividade, portas, IPs, hardware, proteção, serviços web, ambientes físicos, dispositivos IoT e quase tudo o que possa imaginar.

O PRTG suporta a maioria
das tecnologias

SNMP (todas as versões), tecnologias Flow (i.e. NetFlow, jFlow, sFlow), SSH, WMI, Ping e SQL. API potente (Python, EXE, DLL, PowerShell, VB, Batch Scripting, REST) para integrar tudo o resto. Ver todas as funções do PRTG

O PRTG está pronto para
todas as plataformas

Disponível como download para Windows e na versão hospedada. Monitoramento via Interface Web AJAX ou Cliente Desktop.



 

 

Paessler AG - Engenharia de Qualidade Alemã

DOWNLOAD GRATUITO
  • Versão ilimitada do PRTG por 30 dias
  • Após 30 dias, se torna a versão gratuita
  • Ou, você pode adquirir uma licença comercial

 

Administradores devem comparar ferramentas de monitoramento ou procurar por uma gratuita. Existem vários fornecedores no mercado.

O PRTG oferece uma série de vantagens:

1. Teste gratuito: O PRTG lhe oferece um teste gratuito. Assim você conhece e aprecia a nossa ferramenta de monitoramento de rede sem nenhum compromisso.

2. Mais de 300.000 administradores: seja em grandes ou pequenas empresas, autoridades, faculdades ou administrações - em todo o mundo, mais de 300.000 administradores colocam a sua confiança em nossa ferramenta de monitoramento de rede e, portanto, também podem monitorar a sua largura de banda de forma eficiente. Leia nossos estudos de caso aqui.

3. Suporte: você tem uma pergunta? Nós respondemos em um instante! Você já pode acessar uma grande quantidade de informações online, consultando o nosso FAQs, manuais, vídeos, webcasts, ou base de conhecimento. E você pode, é claro, também nos enviar uma mensagem. Nós faremos o nosso melhor para lhe enviar um retorno dentro de 24 horas em dias úteis.

PRTG – sua ferramenta de monitoramento de rede

O PRTG é ferramenta de monitoramento de rede tudo-em-um da Paessler AG. Nosso software é utilizado por mais de 300.000 administradores em todo o mundo, quer seja para monitorar seu hardware e desempenho do servidor, seus ambientes virtuais, ou a acessibilidade dos seus websites. Ao escolher o monitoramento de banco de dados com o PRTG você, por exemplo, também será capaz de monitorar seu servidor SQL. O PRTG é uma solução de análise de rede abrangente para o Windows.

Nosso software de monitoramento de rede, criado em 1997, foi a ideia de Dirk Paessler. A empresa de software está localizada em Nuremberg, Alemanha.

Economize tempo, nervos e custos. O PRTG é configurado em poucos minutos. A versão de teste é inteiramente gratuita para você. Um upgrade é possível a qualquer momento.

 

PRTG

Software de Monitoramento de redes - Versão 20.4.63.1427 (October 29th, 2020)

Hosting

Disponível como download para Windows e na versão hospedada

Idiomas

Inglês, Alemão, Espanhol, Francês, Português, Holandês, Russo, Japonês e Chinês Simplificado

Preços

Até 100 sensores gratuitos (Lista de preços)

Unified Monitoring

Dispositivos de rede, banda, servidores, aplicações, ambientes virtuais, sistemas remotos, IoT e muito mais

Aplicações e Fornecedores Suportados

Veja mais

This third party content uses Performance cookies. Change your Cookie Settings or

load anyways

*This will leave your Cookie Settings unchanged.